sexta-feira , 19 outubro 2018
Home / Destaque / Conheça o motorista que “salvou” cachorro de ser atropelado na Transolimpica Silvio Gomes Cavalcante Silva, de 47 anos

Conheça o motorista que “salvou” cachorro de ser atropelado na Transolimpica Silvio Gomes Cavalcante Silva, de 47 anos

A atitude de um motorista de ônibus do BRT chamou a atenção e ganhou aplausos de passageiros nesta quinta-feira. Silvio Gomes Cavalcante Silva, de 47 anos, trafegava pelo Corredor Presidente Tancredo Neves, no trecho próximo ao bairro Magalhães Bastos, na Zona Oeste do Rio, quando viu um cachorro na pista. Ele parou o ônibus, resgatou o animal e o levou dentro do BRT até um local seguro.

Silvio fazia o serviço 51 (Recreio — Vila Militar Parador) quando avistou o cachorro próximo à estação Padre João Cribbin, em Magalhães Bastos. Um vídeo publicado nas redes sociais por um dos passageiros que estava no ônibus no momento do resgate mostra o momento em que Silvio desce do coletivo e vai até o cachorro. O animal, que estava com coleira e corrente, é colocado dentro do ônibus e levado até um posto de pedágio.

Motorista do BRT resgata cachorro em pista na e decide adota-lo Foto Larissa Schmidt TV Globo
Motorista do BRT resgata cachorro em pista na e decide adota-lo Foto Larissa Schmidt TV Globo

— Ele estava acuado entre as muretas da pista. Eu vi quando estava saindo da Vila Militar para o Recreio. Quando eu voltei, ele já estava na pista assustado, mas não dava para parar. Quando eu voltei novamente vi que ele corria o risco de ser atropelado. Eu parei e ajudei ele. É uma vida — contou Silvio.

O motorista conta que levou o cachorro até um posto de pedágio a poucos metros de onde ele foi resgatado. De acordo com Gomes, os passageiros não se importaram com a parada e ainda elogiaram a atitude. Ele conta que sempre teve uma forte ligação com bichos e que, nesta semana, ficou ainda mais emocionado, já que o seu cachorro de estimação caiu de uma laje e precisa ser operado.

— Sempre gostei de bichos. Fiquei feliz em resgatar aquele cachorro. Ele corria risco de ser atropelado a qualquer momento. Eu fico feliz, mas lembro do meu basset. Ele caiu da laje há uma semana e ainda precisa ser operado. Por enquanto estou aguardando já que o veterinário é caro, né? — disse Silvio, que aguarda a recuperação de seu cachorro.

Em nota, o consórcio BRT diz que a atitude foi emocionante, apesar de não corresponder aos procedimentos do Consórcio.

“Após o resgate, ele deveria acionar nosso Centro de Operações e esperar o apoio viário. Mas cada caso deve ser analisado em sua particularidade. Nesses tempos de indiferença, esse carinho é um valor que deve ser reconhecido”, informou.

Fonte Jornal Extra Online

Veja Também

Imagem reprodução Redes Sociais

Agente da PRF é morto com tiro na cabeça dentro de seu carro em São João de Meriti

O agente da Polícia Rodoviária Federal (PRF) Leandro Marques Verli foi morto, na manhã desta ...