sexta-feira , 19 outubro 2018
Home / Destaque / Hospital Albert Schweitzer vai dobrar capacidade de exames com novo tomógrafo Aparelho será inaugurado na unidade de saúde de Realengo em setembro.

Hospital Albert Schweitzer vai dobrar capacidade de exames com novo tomógrafo Aparelho será inaugurado na unidade de saúde de Realengo em setembro.

Divulgação Prefeitura do Rio

A instalação de um novo tomógrafo computadorizado vai dobrar a capacidade da realização de exames do Hospital Municipal Albert Schweitzer, em Realengo, na Zona Oeste do Rio. O objetivo é atender não só os pacientes da unidade, mas como também os encaminhados pelo Sistema de Regulação, seja para exames de emergência ou ambulatoriais.

Em fase de montagem, o equipamento está na reta final para entrar em funcionamento. Depois de concluída a obra de adaptação no hospital para receber o aparelho, a previsão é de que o tomógrafo comece a funcionar na segunda quinzena de setembro.

A imagem pode conter: 1 pessoa

“Ele será o primeiro de um total de dez novos tomógrafos que os hospitais municipais ganharão, e que mais do que dobrarão a capacidade de realização de exames na rede”, destacou o prefeito Marcelo Crivella, que ressalou o investimento de seu governo na Saúde do município.

“Nos últimos 20 anos, nunca se investiu tanto quanto na nossa gestão. Só este ano, são R$ 50 milhões para os hospitais. Quando eu assumi a Prefeitura, cirurgias eram canceladas porque os carrinhos de anestesia não funcionavam, e compramos 65. As camas de hospital estavam caindo aos pedaços, e compramos quase mil novas. No ano passado, conseguimos fazer mais consultas, mais exames e mais cirurgias do que em 2016, ano olímpico, em que o Rio gastou bilhões nas Olimpíadas e nas obras para os Jogos”, disse.

De acordo com a Prefeitura, a obra no Albert Schweitzer foi executada pela organização social que administra o hospital, a partir de ajustes no contrato de gestão. A montagem do tomógrafo está sendo feita pela fabricante, a Siemens. Depois da calibragem e dos testes necessários, o aparelho estará então pronto para entrar em operação.

Ainda de acordo com a Prefeitura, ao todo, serão dez novos tomógrafos nos hospitais municipais. Com os novos equipamentos, as sete grandes emergências municipais passarão a ter, cada uma, dois tomógrafos, dando maior margem de segurança à oferta do serviço quando houver necessidade de manutenção de um deles.

O novo tomógrafo do hospital de Realengo foi comprado com recursos de uma emenda parlamentar do deputado federal Rodrigo Maia, que destinou R$ 1,625 milhão aos hospitais Albert Schweitzer e Lourenço Jorge, na Barra. Já os outros nove estão sendo adquiridos pela Prefeitura do Rio com recursos de outra emenda parlamentar, esta do prefeito Marcelo Crivella, à época em que era senador. São, ao todo, R$ 50,5 milhões dessa emenda que estão sendo usados na aquisição de uma série de equipamentos para a rede municipal.

Obras em hospitais

Com um tomógrafo em operação, o Albert Schweitzer faz atualmente 100 exames por dia, principalmente em casos de emergência. Para a instalação do novo equipamento da unidade, foi realizada uma obra de adaptação na segunda sala de exames, conforme as exigências técnicas. Para o funcionamento do aparelho, a sala precisa de revestimento das paredes com chumbo, reforço estrutural do piso, readequação da rede elétrica e adaptações físicas dos acessos.

Os trâmites para compra e obras necessárias à instalação dos outros nove tomógrafos também já estão em curso. Atualmente, o município tem tomógrafos nas sete grandes emergências da rede – Miguel Couto, Souza Aguiar, Salgado Filho, Lourenço Jorge, Albert Schweitzer, Rocha Faria e Pedro II – e também nos hospitais Evandro Freire e Jesus, este último especializado em pediatria. No primeiro semestre deste ano, esses aparelhos realizaram uma média de 14.391 exames de tomografia por mês.

Quando todos os novos tomógrafos estiverem instalados, além das grandes emergências, que terão dois equipamentos, três hospitais de retaguarda e que nunca tiveram tomógrafos passarão a também ofertar o exame pelo Sistema de Regulação: Piedade, Francisco da Silva Telles e Ronaldo Gazolla.

Fonte: Jornal O Dia Online

Veja Também

Imagem reprodução Redes Sociais

Agente da PRF é morto com tiro na cabeça dentro de seu carro em São João de Meriti

O agente da Polícia Rodoviária Federal (PRF) Leandro Marques Verli foi morto, na manhã desta ...